Vacinas
Todos os cães e gatos devem ser vacinados regularmente.
Os cachorros devem ser vacinados a partir das 6-7 semanas e os gatinhos a partir das 8 semanas.
Os protocolos de vacinação podem variar em função do estilo de vida do cachorro / gatinho.
Antes da aplicação da vacina, todos os animais são examinados e o médico veterinário indicar-lhe-á qual o protocolo de vacinação mais adequado.
Desparasitação interna do Cão
Os cachorros devem se desparasitados às 2, 4, 6 e 8 semanas de idade e depois 1 vez por mês até aos 6 meses. A partir daí a periodicidade da desparasitação dependerá do meio ambiente e do estilo de vida. Deve perguntar ao seu médico veterinário qual o calendário de desparasitação mais adequado para o seu cão.
Há vários medicamentos no mercado eficazes para este fim. Deve perguntar sempre ao seu médico veterinário qual o mais adequado.
Desparasitação interna do Gato
Os parasitas intestinais mais vulgares do gato são os denominados vermes redondos e vermes chatos. Os gatos infectados podem não ter sintomas clínicos, mas se a carga parasitária for muito elevada podem apresentar perda de peso, vómitos e diarreia.
Os vermes redondos são muito comuns em gatinhos e, assim sendo, estes devem ser desparasitados de 2 em 2 semanas entre as 4 semanas até às 12 semanas contra estes parasitas.
Os vermes chatos normalmente só aparecem em animais adultos e portanto estes devem ser desparasitados com um medicamento que actue simultaneamente contra os vermes redondos e os chatos. A frequência do tratamento depende do estilo de vida do gato e do ambiente em que vive.
Deve por isso pedir sempre conselho ao seu médico veterinário.
Desparasitação Externa
Os principais parasitas externos são as pulgas, piolhos e as carraças e também os mosquitos e flebótomos. Estes insectos podem transmitir um número variado de organismos causadores de doenças aos outros animais e mesmo ao Homem.
Deve aplicar mensalmente ao seu cão/gato produtos que, para além de matar as pulgas adultas aquando da sua aplicação, confiram protecção de re-infestação pelo menos durante um mês e deve também lavar com frequência os objectos pessoais do cão: cobertor, cama, etc. Este procedimento deve ser realizado mesmo em animais que não saem de casa uma vez que os ovos de pulga e outros parasitas podem ser levados para casa agarrados à sua roupa, sapatos, etc.
Um animal infestado com pulgas é um problema complexo que necessita uma solução ampla. É muito importante tratar os animais mas também o ambiente infestado usando produtos específicos para isso de modo a interromper o ciclo de vida do parasita e actuar em todas as suas formas (ovos, larvas, pupas e adultos).
Há vários medicamentos no mercado eficazes para este fim. Deve perguntar sempre ao seu médico veterinário qual o mais adequado e qual o protocolo que deve seguir.